Vendas de caminhão devem crescer em 2019

Segundo a Anfavea, o aumento será de 15%

A notícia é boa para o mercado de transportes no Brasil. De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, as vendas de caminhões devem crescer mais de 15% neste ano.

A projeção também estima que o volume de unidades vendidas irá superar os 88 mil caminhões. Já em relação às vendas domésticas, é esperado um aumento de 11,4%, o que representa 2,86 milhões de veículos.

Para a exportação a notícia já não é tão boa. A Associação prevê uma queda de 6,2%, ou seja, um embarque de 590 mil carros, ônibus e caminhões.

No entanto, a produção deve expandir 9%, representando a fabricação de 3,14 milhões automóveis no país. Apesar do crescimento, a expectativa é ainda menor que a do ano passado, quando a instituição calculou um aumento de 46,3% somente para as vendas.

Veja como foi o ano de 2018, segundo a Anfavea:

  • 2,88 milhões de veículos produzidos (aumento de 9,1% em comparação a 2017)
  • 2,7 milhões de veículos fabricados (entre carros, ônibus e caminhões)
  • 629,2 mil veículos exportados (queda de 17,9% em comparação a 2017)

Economize combustível com as nossas dicas

Confira 5 passos para reduzir os custos com frotas de caminhão

Não é nenhuma novidade que o gasto mais recorrente com caminhões é o combustível. Os valores podem até mesmo prejudicar as contas no final de cada mês. No entanto, com algumas práticas simples, é possível economizar e conseguir rodar mais quilômetros com um tanque cheio.

Confira as nossas dicas:

1 – Abasteça apenas em postos de confiança

Muitas vezes, a falta de planejamento na estrada faz com que o veículo tenha que parar em postos sem bandeira ou desconhecidos, correndo o risco de ser abastecido com combustíveis adulterados. Além de já perder o valor pago, o motorista pode ter outras complicações financeiras, como problemas técnicos no caminhão.

Por isso, frequente apenas postos de sua confiança.

2 – Mantenha os pneus sempre calibrados

Pneus descalibrados podem fazer com que o caminhão trabalhe mais, gerando um esforço desnecessário. Isso irá secar o seu tanque mais rapidamente. Então sempre confira a calibragem antes de pegar estrada!

3 – Nunca dirija em ponto morto

A ideia de que dirigir em ponto morto reduz gastos com gasolina é mito!

O efeito é oposto: o seu caminhão irá consumir ainda mais. Por isso, faça o uso correto das marchas se você quer chegar mais longe, gastando menos.

4 – Faça a manutenção periodicamente

Mesmo precisando pagar por ela, a manutenção preventiva irá reduzir os gastos com gasolina, gerar menos problemas técnicos no caminhão e evitar acidentes.

Fazendo as contas, fazer manutenção periodicamente tem um ótimo custo/benefício tanto para as empresas como para os motoristas.

5 – Planeje a rota e consulte um GPS

Mesmo se o caminho já for um velho conhecido, é importante consultar um GPS e planejar a rota. Muitas vezes, desvios ou trânsitos podem aumentar o tempo de viagem, levando a um maior consumo de combustível pelo caminhão, fazendo, assim, o dinheiro ir embora.

Portanto, antes de sair de viagem, verifique quais são as melhores rotas para aquele horário. Opte por caminhos de menor congestionamento e distância.

 

Vai pegar estrada? Antes, confira essas cinco dicas!

Viajar durante horas é algo que se torna relativamente simples quando vira parte da rotina. Mesmo assim, seguir algumas dicas antes de pegar estrada é essencial para evitar possíveis imprevistos no trajeto, trazendo mais tranquilidade e segurança. Confira:

  1. Estude suas rotas

Discutimos sobre esse cuidado em outro post do nosso blog, que fala sobre economia. Além de auxiliar a evitar gastos excessivos, planejar o caminho também é muito importante para garantir a sua segurança, uma vez que, dessa forma, você pode considerar as melhores paradas e os serviços oferecidos, condições das rodovias, caminhos alternativos etc.

  1. Realize a manutenção do caminhão

Independente se a viagem será curta ou longa, seu veículo pede manutenções preventivas sempre que possível, nas quais serão verificadas as condições dos freios, luzes, suspensão e câmbio. Lembre-se que todo cuidado é pouco quando o assunto é segurança no trânsito.

Também não se esqueça de sair com o tanque cheio e verificar toda a documentação da carga e do caminhão.

  1. Preste atenção aos locais de descanso

Por lei, a jornada de trabalho não pode ultrapassar oito horas por dia, com intervalo de pelo menos 11 horas entre os trajetos. Assim, pesquise as melhores opções para descansar na estrada, prestando atenção se elas oferecem pátios de estacionamento com postos de combustível e hotéis.

Vale lembrar, também, orientações como não dar carona para estranhos, não comentar sobre a carga nos pontos de parada e evitar deixar o veículo com a chave no contato, além de objetos e documentos expostos.

  1. Alimente-se bem

A alimentação está diretamente relacionada ao bem-estar durante o trabalho. Por isso, procure comer de forma balanceada, incluindo verduras, legumes e frutas, e evitando frituras e doces em excesso. Vale pesquisar locais na estrada que ofereçam bons restaurantes.

  1. Garanta os produtos Suntech

Com os nossos dispositivos altamente tecnológicos para telemetria e rastreamento, a central pode garantir a cada veículo mais segurança durante todo o trajeto. Além disso, com a Suntech, a qualidade e o excelente custo-benefício são garantidos!

Saiba mais sobre nossos produtos.

Fontes: Blog do Caminhoneiro, Heliar

Confira as expectativas para o mercado de caminhões nos próximos anos

Perspectivas positivas ditam o futuro do setor no Brasil

 

Recentemente, a fabricante Scania divulgou que espera, para 2019, um crescimento entre 10% e 20% no mercado de caminhões acima de 16 toneladas (semipesados e pesados). De acordo com a empresa, o setor viveu um momento de recuperação ao longo do ano, sendo que a tendência é que este continue para o próximo.

Além disso, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo, 2020 poderá ser o ano para grandes caminhões elétricos, já que os fabricantes estão acelerando seus projetos para lançamento. No mais, impulsionados pela pressão regulatória para reduzir a poluição do diesel, as empresas de caminhões comerciais fizeram vários anúncios de veículos movidos à bateria elétrica ou a hidrogênio.

Da mesma forma, o presidente-executivo da Mercedes-Benz América Latina, Philipp Schiemer, afirmou que as vendas de caminhões no Brasil em 2019 também devem crescer entre 10% e 20%, sem pausas no ciclo de investimentos direcionados ao país.

Todas essas expectativas positivas no setor ressaltam a importância de se investir em dispositivos de rastreamento e equipamentos de telemetria para aumentar a segurança e o monitoramento dos veículos. Conheça os produtos e serviços da Suntech. 

Fontes: Extra Globo, Folha de S. Paulo, portal O Mecânico