5 dicas essenciais de economia para caminhoneiros

5 dicas essenciais de economia para caminhoneiros

Descubra como deixar as suas viagens muito mais lucrativas 

Aumentar a lucratividade é um desejo de qualquer caminhoneiro, principalmente em períodos de baixa demanda. Neste contexto, o ideal é buscar viagens mais econômicas, controlando os gastos e o desgaste do caminhão, de forma a melhorar as margens de lucro.

Assim, a Suntech separou cinco dicas importantes para quem está buscando essa solução. Confira:

1) Faça sempre a manutenção

Muitos caminhoneiros evitam levar os veículos para realizar esse serviço por considerarem um gasto desnecessário, optando por contratá-lo apenas para consertar problemas já identificados. Isso sem falar na escolha por peças do mercado paralelo, que são mais baratas.

Contudo, ao considerar o longo prazo, essas práticas resultam em ainda mais gastos.  Primeiro porque as peças defeituosas tendem a comprometer outros componentes, tornando as manutenções corretivas mais difíceis, demoradas e, claro, caras. Além disso, as manutenções preventivas ajudam a manter os caminhões rodando em excelentes condições, resultando em maior eficiência energética e menos gasto com combustível.

No mais, ao utilizar peças originais, a necessidade de trocá-las torna-se menor, uma vez que os parâmetros de desempenho e durabilidade foram testados pela montadora do veículo, evitando desgastes.

2) Planeje as viagens

É de conhecimento geral a situação de grande parte das rodovias brasileiras, que sofrem com a má conservação do asfalto e com áreas de risco, incluindo trechos sem acostamento, riscos de deslizamento e erosão do asfalto. Esses itens devem ser analisados pelos motoristas ao escolher o trecho por onde vão viajar, uma vez que essas situações fazem com que a velocidade seja diminuída e comprometam o estado de conservação do caminhão.

Além disso, existem os horários com alto fluxo de veículos, que devem ser considerados. Ficar parado na estrada gasta mais combustível, piora o desgaste das peças e pode comprometer os prazos de entrega. Também vale a análise sobre a possibilidade de evitar determinados pedágios muito caros, percorrendo por outra rota.

3) Tome medidas para aumentar a durabilidade das peças

Fazer uso do freio motor para evitar o desgaste dos freios, abastecer em postos de excelente qualidade e reputação, utilizar somente peças originais, tomar cuidado com buracos e dar atenção aos fluidos são algumas das boas práticas que fazem com que o veículo dure por mais tempo sem a necessidade de consertos. Afinal, um proprietário que não tem cuidado com o caminhão acaba gastando muito mais com serviços de reparos, sem falar em custos com guinchos e indenizações de eventuais acidentes.

4) Fique atento às dicas para economizar combustível

Este é, sem dúvida, o principal custo dos caminhoneiros, uma vez que é constante e o preço não ajuda muito. Aqui, vale mais a pena modificar alguns hábitos que investir em truques milagrosos – que podem, inclusive, acabar prejudicando o veículo.

Algumas orientações simples já bastam, como andar sempre com o tanque cheio, evitar fazer paradas bruscas ou acelerar constantemente, descer ladeiras engatado, evitar o uso constante do ar condicionado e estar sempre com os pneus calibrados e o motor regulado.

5) Faça um planejamento financeiro

Coloque todos os gastos em uma planilha, incluindo aqueles com alimentação, hospedagem e despesas pessoais. Dessa forma, fica muito mais fácil visualizar o quanto o faturamento precisa alcançar, assim como os custos que precisam ser cortados. Além disso, guarde uma pequena porcentagem dos lucros para um fundo de reserva que possa ser utilizado em caso de quebras mecânicas ou acidentes.

Fontes: Vida Nova, Blog WLM