Vendas de caminhão devem crescer em 2019

Segundo a Anfavea, o aumento será de 15%

A notícia é boa para o mercado de transportes no Brasil. De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, as vendas de caminhões devem crescer mais de 15% neste ano.

A projeção também estima que o volume de unidades vendidas irá superar os 88 mil caminhões. Já em relação às vendas domésticas, é esperado um aumento de 11,4%, o que representa 2,86 milhões de veículos.

Para a exportação a notícia já não é tão boa. A Associação prevê uma queda de 6,2%, ou seja, um embarque de 590 mil carros, ônibus e caminhões.

No entanto, a produção deve expandir 9%, representando a fabricação de 3,14 milhões automóveis no país. Apesar do crescimento, a expectativa é ainda menor que a do ano passado, quando a instituição calculou um aumento de 46,3% somente para as vendas.

Veja como foi o ano de 2018, segundo a Anfavea:

  • 2,88 milhões de veículos produzidos (aumento de 9,1% em comparação a 2017)
  • 2,7 milhões de veículos fabricados (entre carros, ônibus e caminhões)
  • 629,2 mil veículos exportados (queda de 17,9% em comparação a 2017)

Economize combustível com as nossas dicas

Confira 5 passos para reduzir os custos com frotas de caminhão

Não é nenhuma novidade que o gasto mais recorrente com caminhões é o combustível. Os valores podem até mesmo prejudicar as contas no final de cada mês. No entanto, com algumas práticas simples, é possível economizar e conseguir rodar mais quilômetros com um tanque cheio.

Confira as nossas dicas:

1 – Abasteça apenas em postos de confiança

Muitas vezes, a falta de planejamento na estrada faz com que o veículo tenha que parar em postos sem bandeira ou desconhecidos, correndo o risco de ser abastecido com combustíveis adulterados. Além de já perder o valor pago, o motorista pode ter outras complicações financeiras, como problemas técnicos no caminhão.

Por isso, frequente apenas postos de sua confiança.

2 – Mantenha os pneus sempre calibrados

Pneus descalibrados podem fazer com que o caminhão trabalhe mais, gerando um esforço desnecessário. Isso irá secar o seu tanque mais rapidamente. Então sempre confira a calibragem antes de pegar estrada!

3 – Nunca dirija em ponto morto

A ideia de que dirigir em ponto morto reduz gastos com gasolina é mito!

O efeito é oposto: o seu caminhão irá consumir ainda mais. Por isso, faça o uso correto das marchas se você quer chegar mais longe, gastando menos.

4 – Faça a manutenção periodicamente

Mesmo precisando pagar por ela, a manutenção preventiva irá reduzir os gastos com gasolina, gerar menos problemas técnicos no caminhão e evitar acidentes.

Fazendo as contas, fazer manutenção periodicamente tem um ótimo custo/benefício tanto para as empresas como para os motoristas.

5 – Planeje a rota e consulte um GPS

Mesmo se o caminho já for um velho conhecido, é importante consultar um GPS e planejar a rota. Muitas vezes, desvios ou trânsitos podem aumentar o tempo de viagem, levando a um maior consumo de combustível pelo caminhão, fazendo, assim, o dinheiro ir embora.

Portanto, antes de sair de viagem, verifique quais são as melhores rotas para aquele horário. Opte por caminhos de menor congestionamento e distância.